Latest News

G7 Science and Technology Ministers commit to strengthening international science cooperation! The meeting in Italy highlighted the pivotal role of innovation, research on marine ecosystems, and ocean health. After the...
It is with great pleasure that we confirm that Canada will host the 2024 All-Atlantic Ocean Research and Innovation Alliance (AAORIA) Forum at the Canadian Museum of Nature in Ottawa,...
Nous avons le grand plaisir de vous confirmer que le Canada accueillera le Forum de l’Alliance transatlantique pour la recherche et l’innovation océaniques au Musée canadien de la nature à...
On May 17th 2024, in a Brazilian city 300 km far from the sea, the All-Atlantic Blue Schools Network (AA-BSN) and the AtlantECO project promoted an in-presence event to celebrate...
Olimpíada Brasileira do Oceano

Olimpíada Brasileira do Oceano

Note: Portuguese speaking

Estão abertas as inscrições para a edição 2022 da Olimpíada Brasileira do Oceano (O2). Os interessados têm até o dia 9 de setembro para optar por uma das três modalidades disponíveis: Conhecimento, Projeto Socioambiental e Produção artística, cultural e/ou tecnológica. Serão quatro temas: Mulheres na ciência; Pesca e aquicultura artesanal; Mudança do clima; e Bicentenário da Independência.  As modalidades estão abertas a toda a sociedade e idades.

A competição é organizada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), por meio do Programa Ciência no Mar, e pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), por meio do Maré de Ciência. A iniciativa conta com apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e com colaboração da UNESCO e Secretaria da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar.

A O2 é um projeto educacional, envolvendo o ensino formal e não-formal de todo o País, para a promoção da cultura oceânica, ou seja, a compreensão do papel do oceano na nossa vida e da influência de nossas ações no oceano.  A iniciativa contribui com o esforço realizado no Brasil para a Década Ciência Oceânica, que se estende até 2030.

Segundo o Secretário de Pesquisa e Formação Científica do MCTI, Marcelo Morales, a competição é um mecanismo para promover a conscientização sobre a importância do mar e ao mesmo tempo estimular o conhecimento em torno do tema. “A Olimpíada do Oceano tem um grande impacto na formação científica e sensibilização da sociedade para o desenvolvimento sustentável”, destaca.

Mais informação AQUI.

Share: